terça-feira, 3 de agosto de 2010

Relato de viagem - Lençóis

É, não deu para postar nada durante a viagem… Muita pedra, água, cerveja, comida e etc… Enfim, antes tarde do que nunca, resumão do que rolou em nossa visita a Lençóis.
_DSC0210 _DSC0099_

Chegada impressionante!

A galera…

Participantes: Jailton, Newton, Samuel, Rodolfo e eu.

Conhecidos durante a viagem: Val e Lu (grande café da manhã na pousada), Gironha e Luan (casal que nos recepcionou como se fôssemos da família, valeu demais!), Dona Ivandira (nossa cozinheira favorita em Lençóis), Marquinho, Pedrão e Tabita (guias locais que escalaram com a gente (ou nós com eles)), Tito e Débora (gerentes da pousada que deram a maior força), Zenaide (acarajé absurdo!), Rafa e Luís Paulo (nos recepcionaram como irmãos em Igatu)…

Viagem dia a dia

Sábado: 1.300 km cravados da saída de Goiânia até a entrada de Lençóis. 16 horas de viagem... que trampo!

_DSC0397 Domingo: Gironha e sua patroa Luan, brothers indicados pelo Fred/Tris já vieram nos buscar na pousada e apresentaram o pico. Incrível! Fomos conhecer o rio e as vias ao redor. Setor Serrano, Diamante e Corredor com vias muito boas. Conglomerado é um negócio impressionante, a frase clássica: "As vias tem muitas agarras e não tem nenhuma agarra!". Você olha e vê um mar de agarras, vai tateando e descobre que nenhuma é boa... incrível!

Segunda: Escalada num quartzito rosa muito bonito. Vias curtas e grossas, logo ao lado um famoso "quinto grau" de Lençóis, 2 tetos para virar e uma barra pra começar a via, ô galera forte essa da chapada! 25 metros de via com 5 chapas...
A galera mais forte resolveu aquecer num sétimo e na primeira entrada a primeira baixa: Rodolfo toma uma queda e torce o pé. Direto para o rio enfiar o pé na água gelada. Ainda demos uns pegas nas outras vias do setor mas logo todo mundo cansou e fomos agilizar o churrasco na casa do Gironha. Que lugar incrível, no topo do morro, vista para o Serrano! _DSC0661

Terça: 4 baixas no time de escalada. Samuca saiu para uma trilha de 3 dias com o Gironha, Rodolfo  com o pé torcido ficou na pousada se recuperando, Newton e Jailton passaram mal a noite inteira (reza a lenda que foi a pipoca rosa que fez o estrago). Resumindo só eu subi para escalar com o casal mais graduado da escalada brasileira, Betão e Cris. Betão tomou uma queda fenomenal na Menina de Motel e soltou a frase da trip: "Puta que o pariu, que cuzada!".

Quarta: Dia de descanso para eu e Betão e fomos atrás de um setor novo aqui na região, o Paraíso. Parece que São Pedro não colaborou e não quis deixar a gente achar o pico. Depois de desistir da jornada voltamos para o setor Corredor para encontrar a galera. Jailton já recuperado encadenou a clássica Febre Amarela e Rodolfo a Arame Liso... Só classiquez!! Newton e Jarilson ainda foram para um night climb no Tapa no Escuro (acho que v8), mas a cadena foi adiada...

_DSC0615 Quinta: Galera vai escalar junto no Quartzito Rosa novamente e o dia é de muitas cadenas. Todo mundo mandou a Emboscada - 8a entre outras vias mais fáceis mas não menos bonitas... Incrível!

Sexta: O negócio é frenético! Eu, Betão e Maria (filha do Beto) vamos para o novo setor Paraíso, agora com a compania do Pedrão, guia local gente finíssima! Entramos em algumas vias e quando fui desequipar a “Pilar da Humildade” a merda acontece: Pisei numa agarra para montar o rapel, a agarra quebrou o foi direto para a cabeça da Maria. Clima tenso mas nada grave... Resolvemos voltar para a cidade só para garantir e ir até o hospital local para o Dr. dar uma olhada. Depois da injeção a Maria já estava reclamando mais da dor da injeção que da pedrada. Ufa!
_DSC0136 
Sábado: Rock climb every day! Saímos mesmo com chuva para escalar no Setor do Goianos e nas  caves próximas. Cadenas de todos os graus incluindo a primeira cadena guiada do Samuca, parabéns fi!! Ainda rolaram 5 cadenas seguidas da Sabonete 7b/c (via do Fred de Goiânia) incluindo uma tão esperada da Luan, que mandou benzásso!

_DSC0088 Domingo: Finalmente dia de descanso... Fomos até o riacho testar o escorregador de pedra. Irado! Na sequência churrasco na caso do Gironha/Luan novamente e depois um vinho na pousada com uma sessão de Cine No Dab especial: “Cheech & Chong”.

Segunda: Fomos para Igatu matar a vontade do pessoal de escalar boulder. Chegando lá já encontramos o escalador local Luís Paulo que nos levou no setor Denorex. Galera estava com sede de boulder e já atropelou o próprio Denorex, Rosa e alguns outros antes de uma chuvinha brochante…

Terça: Acordei achando que a galera ia querer continuar nos boulders, mas para minha surpresa a febre as vias pegou todo mundo e fomos conhecer o setor Labirinto com o Rafael, escalador local que toca inclusive alguns projetos sociais de _DSC0251inclusão da molecada no mundo da escalada, nota 10! Vias incríveis, dia fantástico e dos mais produtivos da trip.

Quarta: De volta a Lençóis o dia não estava dos melhores na parte da manhã. Chuvinha brochante novamente e resolvemos pegar a parte da manhã de descanso. A tarde o tempo abriu e subimos pro Setor Corredor para matar algumas pendências…

Quinta: Surgiu a oportunidade de colar no guia Marquinho e fazer uma roteiro bem turistão. Fomos conhecer umas cachoeiras, grutas e finalizamos o dia no cume do Pai Inácio (a idéia era subir escalando, mas a chuva melou todas as nossas seguidas tentativas). A noite a galera resolveu encarar um night climb na beira do Serrano, perfeito para fazer a digestão dos acarajés que comemos à tarde!
 
_DSC0279Sexta: Com a depressão da saideira rolando, fomos novamente para o Setor Corredor. Rodolfo atropelou a “Vai quem quer” e a “Farofa de balanço”, Newtão resolveu sua pendência com a “Febre Amarela” e o resto da galera passou mal…
 
Sábado: Largamos o Jailton em Lençóis e voltamos para Goiânia, depressão tomou conta e o pé pesou no acelerador. 1.300 km em 14 horas!


6 comentários:

Nativo de Lençóis disse...

E ae lek's o solzinho deixou a desejar né, más nem tudo é perfeito tem sempre que sobrar algum projeto para trás...e a do ano que vem qual será ??? abraços...

Clubinho da Montanha disse...

q doidoo jahrasss...q doido!!

Clubinho da Montanha disse...

opsss...foi vc q escreveu né rafa;;;foi malzzz

Julaum disse...

Bom resumo de viagem, Jaras fico em Lençois pra ficar mais tempo?
Eu e Tana in trip Rio rock climb fanfarra.
Começou uma onda de chuva e agora é esbórnia. Lapa!

Alvaro Alvares disse...

Massa Rafael,
conglomerado é essa viagem mesmo, tive a mesma impressão em Corupá. Hehehe!

Pedro disse...

massa d++!
depois quero ver as fotos!
fiquei sabendo q ficaram iradas!

 
Real Time Web Analytics