sexta-feira, 12 de março de 2010

Night Climb VS. Evolução

Por Christiano Borges, atleta patrocinado e colunista especial No Dab.

Esta semana, contrariando mais uma vez as expectativas e previsões pessoais de chuva, nun sei o quê e nun sei o quê mais, e fugindo do guarda do Parque (o mesmo já se encontrou conosco durante um night climb, disse que é PROIBIDO a entrada ou visitação do parque após as 21h, então fiquem atentos ao mesmo e não causem problemas, porque no atual momento quem está errado somos nós, por ignorar essa lei ,más isso será assunto para um post a parte) rolou mais um bonde noturno pra Piri. Desta vez fomos apenas eu e a jovem promessa do clima goiano, Newton Neto, ou Isaac Newton, pois nosso grande amigo e comedor oficial das baladas Goiânia, Jailton Lessa (The JAHraman) , já estava lá, à trabalho (por incrível que pareça mas é verdade), desde o período matutino . Saímos de Gyn às 18:00 horas, chegamos lá às 19:30, resgatamos o sr. No Dab e subimos a Serra. Após um consenso, decidimos que melhor opção seria o setor do Relâmpago. Céu estrelado, brisa noturna, vários problemas e muitas possibilidades. Esse era o panorama do momento. Enquanto eu no Linha V8 e o JaHras no Relâmpago V7 revezávamos, o jovem Isaac não escalou.

“-Tô sussa, escala aí. Quero mandar o Frizo de prima.” Dizia o garoto.

Pois bem, após um leve sacode nos problemas ,resolvemos migrar para a pedra do Frizo, esta que fica a uns 15 mts. de onde estávamos hehehehehe, muito cansativo. Arrumamos os crash’s e, aí sim, de verdade começou a sessão. A principal característica desta pedra é inclinação e o tamanho das agarras, a maioria regletes bem pequenos, para não dizer minúsculos.Enquanto eu me ajeitava no Menisco V8, os mulek’s estavam se organizando no Frizo V4 e Frizo sem Arroz V8. Conforme a profecia, o Izaac mandou o Frizo onsight e já partiu pro upgrade. Após pegar todos os betas o jovem,entrou e, para espanto geral, quase mandou FLASH!!! Este problema é muito específico.Sai de uma invertida boa mas muito machuquenta, com os pés “marromenos” vai pra um reglete nano, sobe o pé alto e dá um tapa em uma agarra boa, depois é só virar.Alguns juntam no frizo outros já vão direito. Enfim....a linha é irada! O Jahras, que já tinha mandado de cima em outra oportunidade, não encaixou no mov. e achou a parada hard more. Eu depois de alguns tentos achei o meu beta e consegui fazer o mov. do Menisco, irado, clássico. Ficou agora como pendência o upgrade, Garção V9/11(???by 8A.nu).Os outros boulders da noite foram o Quem não menisca não petisca V6 e o Prato Feito com Crista V5. Tudo isso sob um céu iluminado de estrelas, muita vibração e descontração. E seguindo a lógica matemática de Cocal, uma espécie de PG: Você manda um boulder e aparecem mais 3 projetos na seqüência. Bom d+!!!

A evolução da escalada em Cocalzinho está em um ritmo frenético. Graças à qualidade das linhas /rocha, aliada à motivação da galera, os graus não param de subir e as linhas não param de cair!!! A moçada de BSB e GYN sabe bem do que estou falando. E pra quem diz que grau não importa, vai o meu recado:

O importante é subir pedra, principalmente se as mesmas são o seu limite (físico ou mental). Aproveite ao máximo sua juventude.Se você tem 20 anos, aproveite sua juventude.Se você tem 50 anos aproveite-a também.O passado é história e quem vive no passado é museu.

Continuando neste pensamento vou citar a frase de um amigo da Chapada Diamantina.

- “O esquema aqui é o seguinte: ROCK CLIMB EVERY DAY CUMPADI”

Abraço a todos!

 

Placas piri 060 Placas piri 061 Placas piri 065 Placas piri 068 Placas piri 071 Placas piri 074

3 comentários:

Julaum disse...

every day!

Fernando Lucas disse...

Isaac Newton & Zezin Usobiaga! a dupla do momento

Julaum disse...

Bom momento pra sacar bons treinamentos para boa evolução climb, além da sopa que o zezin toma, comé um bom treinamento para evoluir e previnir lesões.

 
Real Time Web Analytics